Páginas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

“E pela parede de vidro eu vi a chuva cair como se chorasse junto comigo. É estranho, não é? Uma pessoa que sorri todos os dias ser uma pessoa triste.“









Nenhum comentário:

Postar um comentário